Sarinha_Carioca

Tuesday, November 14, 2006

ja na foz do iguaçu

Já fomos ao paraguai... tudo a correr bem, muito bem

Monday, November 13, 2006

Até breve Semente...


Acabaram os nove meses de estágio. Balanço MUITO positivo! Agora a Sarinha deixa de ser carioca para ser muito (ainda mais se isso é possivel) cosmopolita. Muitas saudades, muitas lembranças, nostalgia já isntalada. Agora umas férias bem merecidas!

Até breve!!

Despedida na Laboris

Na sexta feira o churrasco de despedida nao foi bom. FOI MUITO BOM, foi o melhor de todos!!! Obrigada a todos pelos abraços, pelos sorrisos, pela amizade. Voçes sabem a importancia que tiveram para mim!!!

Quero um novo desafio... mas só a partir de janeiro!

Wednesday, November 08, 2006

Castanha de Cajú



Confesso a minha ignorância e a minha surpresa ao ver como é o caju, a sensação maravilhosa de provar uma textura nova... parecia uma criança que pensa que os morangos nascem em árvores ou que o leite vem em caixas. Depois é só torrar a parte inferior do fruto e ... admitam que também não sabiam que era assim!!

Salles


Há pessoas que nos marcam muito. O Salles, farmacêutico responsável pela área de desenvolvimento galénico sempre demonstrou grande disponibilidade e GOSTO em me responder as minhas dúvidas, em explicar as vezes que fossem necessárias tudo aquilo que eu tinha tanta vontade em aprender. Tenho pena em não poder ter passado mais tempo com ele. OBRIGADA
Como posso não ficar derretida quando me deixa bilhetes destes?

Laboris



Pensos Higienicos



Os pensos higienicos aqui sao super grossos, umas autenticas fraldas pelos que os nossos Evax fizeram sensação!!! Acreditam que os absorventes só são vendidos em embalagens de 8??

Bip Bip




Theatro Municipal




Recital de Piano com Nelson Freire

Várias




Tuesday, November 07, 2006

Refeitorio da Laboris





Creuza (a mais baixinha) , Elza (de óculos) , Erika (nutricionista)

OBRIGADAAAAAA Belinha e Eduardo!!

Já tive a oportunidade de dizer por mais do que uma vez que tenho consciencia de que sou uma pessoa com muita sorte. Mais uma vez... MUITA SORTE!
Este fim de semana tive uma das se não A melhor suprpresa da minha vida!
A Belinha veio de surpresa ao Brasil!!! Toda a gente sabia... Os meus amores do coração (pai, mãe, Natalia, Pedro), Aida... Alguns faziam apostas sobre as previsões da minha reação. Não sei se alguém vai ficar desiludido ou nao mas acreditem que fiquei afonica por uns segundos e quase me faltava o ar de tanto chorar. Foi LINDOOOO. Adorei. Não tenho palavras...

OBRIGADA!

Adoro-vos (Belinha e Eduardo)

Wednesday, November 01, 2006

Vestiário


Toda a gente sabe que as brasileiras usam bikinis muito mais pequenos que as europeias, saias em que muitas vezes se tem duvida tratar realmente de uma saia ou se uma adaptação faishon de um cinto. Eu também sabia isso. Muito diferente foi partilhar um balneário, ou vestiário com Brasileiras, só brasileiras durante os últimos meses. Talvez vocês ainda não saibam como são essas diferenças.
Viver num país com calor o ano todo como é o Brasil faz realmente com que as pessoas estejam mais habituadas à nudez. É impossível não estabelecer o termo de comparação entre o que se passou no vestiário da fabrica onde fazia o estagio em Portugal e neste. A rapidez com que se troca de roupa, os decotes, as rendas.. as próprias cores da lingerie... muito diferentes. Adivinhem em qual dos paises é que foi freqüente ver meninas a arranjar sobrancelhas na hora do almoço só em cuecas? Ou em que “mandar um fax” não exige privacidade, aliás não é em momento algum impeditivo de se abrir a porta da casa de banho e participar no debate que estiver a ocorrer no momento? E o aviso a letras garrafais na parte de dentro da porta da casa de banho: Use o fósforo!!! HILARIANTE. O balneário é também o local onde desde o penico á bomba atômica... tudo se vende. Para dar alguns exemplos não posso deixar de citar os frascos de compota, as sandálias, pregadeiras, carteiras de pele, bikinis, produtos Natura e melhor do melhor.... lingerie erótica! O vestidinho de colegial era ridículo o de enfermeira de bata transparente, luvas, seringa... era de chorar... claro k ter visto a minha supervisora a experimentá-lo também não ajudou. Confesso que tive que fazer massagens às bochechas para aliviar os espasmos, fruto de tantas gargalhadas. TOP!

Tuesday, October 31, 2006

Sara eu te amo do fundo do meu coração. Eu não te conheço mas estou mandando um desenho








Sunday, October 29, 2006

Jardim Botânico